Ensino e aprendizado durante e depois da Covid-19 é destaque no Dia da Alfabetização

O Dia Internacional da Alfabetização deste ano tem como tema o ensino e aprendizado durante e depois da crise da Covid-19.

Neste 8 de setembro, a data ressalta o papel de educadores e das mudanças didáticas ocorridas nesse período para ensinar jovens e adultos a ler e escrever.

Noções de leitura e escrita
A crise recente tem servido de lembrete da lacuna entre o discurso e a realidade, uma situação que já existia antes da crise que afetava, de forma negativa, o aprendizado de jovens e adultos com níveis baixos ou inexistentes de noções de leitura e escrita.

Durante a pandemia, em muitos países, a maioria dos programas de alfabetização de adultos foi suspensa dos planos de educação e resposta à crise. De acordo com os países, apenas alguns poucos cursos continuaram de forma virtual através da TV e do rádio ou em espaços ao ar livre.

O impacto da Covid-19 sobre jovens e adultos e educadores dos cursos de alfabetização, e que lições foram aprendidas são alguns dos pontos analisados.

Reconstrução
Neste Dia Internacional da Alfabetização, os organizadores também estudam como melhor posicionar o aprendizado de jovens e adultos em cursos de alfabetização em respostas nacionais e globais, e estratégias de reconstrução.

A data também explora como o Dia Internacional 2020 pode fornecer uma oportunidade sobre pedagogias inovadoras e metodologias de ensino para enfrentar a pandemia.

Para celebrar a data, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, organiza vários eventos virtuais com participação de educadores premiados pela agência na área de alfabetização de jovens e adultos.

Este ano, entrou em vigor, a Estratégia Global da Unesco para o tema que vai até 2025. O Dia Mundial da Alfabetização é celebrado desde 1946. Com ONU News

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!