Desembargador do TRF-4 manda soltar Lula com urgência

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Agência Brasil

A decisão de conceder liberdade ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi divulgada neste domingo (8) pelo TRF-4 sediado em Porto Alegre. O desembargador federal Rogério Favreto tomou a decisão favorável a Lula que foi condenado no processo do tríplex por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O caso é mais um da operação Lava Jato.

O desembargador determinou a suspensão da execução provisória da pena. No despacho ele assinala que: “cumpra-se em regime de URGÊNCIA nesta data mediante apresentação do Alvará de Soltura ou desta ordem a qualquer autoridade policial presente na sede da carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde se encontra recluso o paciente”.

Acrescentou que o cumprimento ocorrerá em um domingo, que não é dia útil, se dispensa o exame de corpo de delito, se for de interesse de Lula.

A decisão já está sendo contestada pela juiz Sérgio Moro que considera o desembargador federal Rogério Favreto incompetente para descumprir a ordem de prisão determinada da 8ª Turma do TRF-4 e da Supremo Tribunal Federal. Assim, Moro não vai dar ordem de soltura de Lula e enviou o caso para o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do caso na 8ª Turma do TRF-4, decidir.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!