Bolsonaro discursa sobre pandemia, eleições e inaugura obras no RS

O presidente Jair Bolsonaro inaugurou hoje (8) obra de duplicação do contorno rodoviário de Pelotas, na BR-116/392, no Rio Grande do Sul. Foram investidos cerca de R$ 690 milhões, segundo o Ministério da Infraestrutura.

“Estamos concluindo um importante equipamento rodoviário que contém 10 viadutos, três pontes e uma trincheira”, disse o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

Sampaio lembrou que rodovias duplicadas reduzem o risco de acidentes. “E diminuem sensivelmente o número de acidentes com letalidade”, completou.

Pandemia
Durante discurso de inauguração da obra, o presidente Jair Bolsonaro disse que seu governo não cometeu erros no combate à pandemia de covid-19. Ele voltou a criticar o isolamento social enquanto ferramenta de combate à covid-19 – medida colocada em prática por governos locais– e disse que a criação do Auxílio Brasil decorreu da necessidade de atender as “consequências dessa forma errada de combate ao vírus”.

“Cada dia que passa, [as pessoas] vão tomando conhecimento que nós não erramos em nenhum momento do passado. Enfrentamos a pandemia. Quando todos achavam que a economia ia lá para baixo, isso não aconteceu”, discursou o presidente em Pelotas.

O presidente citou, como exemplo do sucesso de seu governo, a criação de 100 mil novos empregos no final do ano passado. “Não tivemos desempregos formais no Brasil. A perda de renda, que houve bastante, foi no meio dos informais, também conhecidos como invisíveis: aqueles que foram obrigados a ficar em casa sem nenhuma renda”, disse.

“Depois, para atender as consequências da forma errada de combate ao vírus, que foi obrigar o povo a ficar em casa, criamos o Auxílio Brasil”, complementou após reiterar que nunca mandou fechar “uma só casa de comércio pelo Brasil”.

“Este é um governo que não estava ao lado do politicamente correto, com um presidente que teve coragem de se posicionar”, enfatizou.

De acordo com dados divulgados ontem (7) pelo Ministério da Saúde, a pandemia da covid-19 resultou na morte de 660.973 pessoas no Brasil, com registro de 30.093.751 casos de infecção, no total.

Eleições
Bolsonaro voltou a levantar suspeitas sobre o processo eleitoral brasileiro. “Nada nós somos sem a liberdade. Hoje, duas ou três pessoas querem roubar nossa liberdade. Não conseguirão”, disse o presidente logo no início de seu discurso.

“Podem ter certeza: tem poucas pessoas de Brasília que mandam muito. Mas nenhuma delas manda em todos. Os votos, por ocasião das eleições de outubro, serão contados. Não somos obrigados a acreditar em duas ou três pessoas como se elas fossem os donos da verdade. A verdade está com o seu povo, e o maior exército do Brasil, que são vocês, está conosco também. Podem ter certeza: com Deus e o povo, nós mudaremos o destino do Brasil”, afirmou após se dizer “confortado” por não haver “nenhum comunista sentado” na cadeira de presidente do Brasil.

Presidente inaugura unidade de radiologia em Bagé
O presidente Jair Bolsonaro participou, na tarde desta sexta-feira (8), da entrega das obras da unidade de radioterapia do Hospital do Câncer na cidade de Bagé, interior do Rio Grande do Sul. As obras do espaço estão finalizadas e devem receber, em breve, aparelhagem de alta tecnologia importada dos Estados Unidos.

Bolsonaro lembrou que perdeu o pai aos 68 anos, que teve câncer. “O câncer não pode esperar. Então, esta obra aqui, que teve, obviamente, a aceitação do governo, ministério, salvará vidas e poupará muitos sacrifícios no tocante ao deslocamento”, disse.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, citou investimento de mais R$ 4,6 bilhões em assistência oncológica por ano. “O programa de expansão de radioterapia do SUS [Sistema Único de Saúde] entregou 56 soluções como estas, 40 delas no governo do presidente Bolsonaro”, disse.

A unidade de radioterapia recebeu investimento de R$ 10 milhões e vai fazer parte de um complexo que integra a Santa Casa da cidade, que já realiza quimioterapia. A estrutura tem 800 metros quadrados e poderá receber 120 pacientes por dia.

O médico oncologista Lucas Mello de Freitas explicou que os pacientes com câncer, no interior gaúcho, terão tratamento mais completo. “Isso vai ser muito importante para os nossos pacientes, porque vai facilitar. Muitas vezes a gente tem que encaminhar os pacientes para Porto Alegre para os procedimentos, quando não tem capacidade técnica em Pelotas”, disse. “E aqui, em Bagé, teremos esse aparelho com o software, em vez de encaminhar para outros municípios, vamos fazer aqui na nossa cidade”, completou.

O médico Carlos Eduardo Oliveira dos Santos, provedor da Santa Casa falou sobre o funcionamento. “A Santa Casa é um hospital de referência regional para outras cinco cidades, temos UTI neonatal, UTI pediátrica, UTI adulta. Temos, hoje, 207 leitos disponíveis para a população, atualmente 80% dos leitos são ocupados pelo Sistema Único de Saúde.”

O prédio ainda conta com sistema sustentável de reaproveitamento da água e geração própria de energia. A previsão é que o espaço atenda à população no segundo semestre deste ano. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!