Gomes comemora heroica classificação do Watford à final da Copa da Inglaterra

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Copa da Inglaterra vem reservando fortes emoções ao brasileiro Gomes. Preparando sua despedida do futebol, o experiente goleiro viveu mais um capítulo marcante na carreira. Um dos destaques da semifinal contra o Wolverhampton, no último domingo (7), o atleta de 38 anos celebrou a virada heroica do Watford por 3 a 2 e colocou-se à disposição para a decisão contra o Manchester City.

— Foi incrível. Até os 70 minutos (de jogo) o Wolves vencia (por 2 a 0), mas isso é o futebol, você deve sempre acreditar! Se não acreditássemos, não conseguiríamos, e acreditamos até o último minuto. Eu não vou bater na porta do técnico para jogar a final. Se ele precisar de mim, eu estarei lá. Se não estaremos bem servidos por Ben Foster — exaltou Gomes em entrevista à “BBC Sport”.

A vaga do Watford veio na raça. Após estar perdendo por 2 a 0, a equipe descontou com o espanhol Gerard Deulofeu, aos 34 do segundo tempo e arrancou o empate nos acréscimos com Troy Deeney, cobrando pênalti. Na prorrogação, Deulofeu voltou a marcar e sacramentou o triunfo histórico do Watford, que vai para a final da Copa da Inglaterra pela primeira vez desde 1984. Com grandes defesas, Gomes foi um dos mais festejados ao fim da partida.

Reserva de Ben Foster no Campeonato Inglês, Gomes atuou em todos os seis compromissos do Watford na Copa da Inglaterra. O companheiro de equipe, porém, fez questão de enaltecer as atuações do brasileiro e revelou sua torcida pela escalação de Gomes na grande final do torneio.

— Estou muito feliz pelo Gomes. Ele merece tudo que recebe, é um tipo único, que chega todo dia com um sorriso enorme no rosto. Ainda é um goleiro de nível mundial, mostrou isso hoje com ótimas defesas. Saiu bem quando precisou, foi bem nos cruzamentos. Foi muito, muito bem. Estou feliz por ele. Eu quero que o Gomes jogue a final, não vou mentir. Acho que ele merece. Ele jogou todos os jogos até agora, não perdeu nenhum. Hoje ele fez defesas bem importantes, saiu bem nos cruzamentos, aliviou a pressão da defesa. A atenção tem que ser nele, porque ele merece — afirmou Foster em entrevista ao canal “ESPN”.

O talento brasileiro também se destacou na outra semifinal. Decisivo, o atacante Gabriel Jesus marcou o único gol do duelo contra o Brighton e garantiu o Manchester City na final, que está marcada para o dia 18 de maio. Com site da CBF

PUBLICIDADE
Don`t copy text!