Explosões deixam quase 100 mortos na Guiné Equatorial

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O número de mortos em uma série de explosões em um acampamento militar na Guiné Equatorial subiu para 98, disse o Ministério da Saúde do país na segunda-feira (8), depois que voluntários revistaram os escombros em busca de corpos.

Pelo menos 615 pessoas ficaram feridas nas explosões que ocorreram ontem (7) e que começaram com um incêndio na Base Militar de Nkoantoma, na cidade costeira de Bata, segundo o Ministério da Defesa.

Citando o vice-presidente Teodoro Nguema Obiang Mangue, o Ministério da Saúde estimou o número de mortos em 98, mais que o triplo da estimativa anterior de 31 óbitos.

Dos feridos, 299 permaneciam hospitalizados, escreveu o ministério no Twitter.

O presidente Teodoro Obiang Nguema, pai do vice-presidente, atribuiu o acidente à negligência relacionada ao manuseio da dinamite e disse que as explosões danificaram casas e edifícios em Bata, uma cidade com pouco mais de 250.000 habitantes. Com Agência Brasil/Reuters

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!