Inverno na Europa é o mais quente desde 2015

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) informou que este inverno está sendo o mais quente na Europa desde 2015.

Os dados são do Serviço de Mudança Climática do Copernicus e do Centro Europeu de Previsões Meteorológicas a Médio Prazo, Ecmwf.

El Niño
As duas instituições indicam que a temperatura média ficou quase 1.4°C acima daquela registrada no inverno de 2015 quando o mundo experimentou as fortes consequências do fenômeno El Niño.

A OMM destaca que de dezembro de 2019 a fevereiro deste ano, a Europa teve um clima ameno persistente principalmente nas regiões norte e leste.

A temperatura média no continente ficou 3.4°C acima do padrão do período de 1981 a 2010.

Já o mês de janeiro deste ano foi o mais quente já registrado no mundo.

Alasca
Na Europa, a temperatura média no mês passado foi 3.9°C acima da média de todos os meses de fevereiro de 1981 a 2010.

Ainda este ano, as temperaturas foram cerca de 0.1°C mais frias que em fevereiro de 2016, por exemplo, e 0.1°C mais quentes que as registradas em fevereiro de 2017.

As temperaturas de fevereiro estiveram mais acima da média em uma grande região, que cobre grande parte da Europa, da Sibéria e da Ásia Central e da Antártida Ocidental. No norte do Alasca, elas estiveram mais abaixo da média.

A OMM observou que as anomalias de temperatura na média europeia são geralmente maiores e mais variáveis ​​do que as anomalias globais, especialmente no inverno, quando podem mudar vários graus de um mês para o outro. Com ONU News

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!