Morre primeiro oficial baleado desde o início da intervenção no Rio

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Tomaz Silva/Agência Brasil

O Comando Militar do Leste (CML) informou a morte, hoje (7) cedo, do capitão do Exército Diego Martins Graça. Baleado no pescoço por criminosos no dia 15 de setembro, durante operação no Complexo da Penha, zona norte da capital, o militar teve o quadro clínico agravado e acabou morrendo neste domingo.

Diego é o primeiro oficial ferido em combate desde o início da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, em fevereiro deste ano. Os criminosos usaram a estrutura de um Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) para atacar de cima os militares que iniciavam uma operação no Complexo da Penha.

O capitão foi socorrido imediatamente e levado pela tropa para o Hospital Central do Exército (HCE), em Triagem, zona norte da cidade, onde morreu.

De acordo com o CML, estão sendo tomadas as providências com relação ao velório e ao sepultamento de Diego Martins Graça, atendendo a orientações da família. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE