“Loki”: tudo pra saber sobre a série da Marvel antes da estreia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Fãs da Marvel podem comemorar, pois “Loki” já está quase chegando! A estreia rola na próxima quarta-feira (09), e a história protagonizada pelo vilão mais amado do MCU vai dar muito o que falar. Depois de “WandaVision” e “Falcão e o Soldado Invernal”, já deu para entender que a Marvel está investindo pesado nas suas séries, né? O que é ótimo, já que assim nós ganhamos muitos mimos antes das estreias dos próximos filmes.

Quando, quantos episódios e onde assistir?
“Loki” vai seguir o mesmo esquema de “Falcão e o Soldado Invernal”, com seis episódios semanais de mais ou menos 50 minutos. Os novos episódios saem toda quarta-feira, a partir do dia 09 de junho, apenas no Disney+.

Quais filmes preciso assistir para entender?
Olha, você pode maratonar todos os filmes na ordem cronológica, mas é só uma dica para ir entrando no clima. Se não tiver tempo para assistir mais de 20 longas, pode investir em apenas seis, nesta ordem: “Thor”, “Os Vingadores”, “Thor: O Mundo Sombrio”, “Thor: Ragnarok”, “Vingadores: Guerra Infinita” e “Vingadores: Ultimato”.

De que ponto do MCU começa a história?
Agora que você já maratonou os filmes, talvez esteja com uma dúvida: o Loki (Tom Hiddleston) não morreu em “Vingadores: Guerra Infinita”? Sim, ele morreu. Mas em “Vingadores: Ultimato” a versão de 2012 do vilão fugiu pelo espaço com o Tesseract. É exatamente aí que a história da série começa! Ou seja, veremos a variante de Loki antes de se aliar ao seu irmão Thor (Chris Hemsworth) e aos Vingadores.

Qual será o enredo?
Os filmes já nos explicaram que essa história de ficar viajando no tempo e espaço pode dar um problemão. Quando o Deus da Trapaça foge em 2012, ele acaba criando novas linhas do tempo, o que chama atenção da misteriosa organização que leva a sigla TVA. Ele será capturado pelo agente Mobius M. Mobius (Owen Wilson), que dará instruções para consertar todo o estrago nas linhas do tempo, como o trailer mostrou. Mas é claro que o Loki não vai deixar de fazer seus planos para sair bem dessa, né?

O que é a TVA?
A TVA é a “Time Variance Authority”, ou “Autoridade de Variação no Tempo”, em tradução livre. A organização é responsável por manter os limites entre realidades alternativas bem organizados. A TVA não é nenhuma novidade para quem acompanha os quadrinhos, mas está sendo apresentada no MCU pela primeira vez em “Loki”, então ainda temos que esperar para ver como a Marvel irá adaptar a história da organização para se encaixar no seu Universo Cinematográfico.

A série vai influenciar nos próximos filmes?
Provavelmente sim, como “WandaVision” e “Falcão e o Soldado Invernal”. Esta é a diferença das séries do Disney+ para as antigas séries da Marvel: agora, as histórias afetam diretamente o universo principal, e nós ficamos criando várias teorias mirabolantes. Já que “Loki” vai mexer com linhas do tempo e realidades alternativas, é bem possível que várias histórias dos próximos filmes, como “Doutor Estranho 2” e “Homem-Aranha 3”, sejam impactadas pelos acontecimentos da série.

E aí, preparados para dizer olá para o aguardado Multiverso da Marvel? Não há nada confirmado ainda, mas é algo que todo mundo está aguardando ansiosamente. Com informações de Pure Break.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!