Operação TOMAHAWK fecha o cerco ao crime organizado no Centro-Oeste mineiro

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foi realizada nesta sexta-feira, 7 de junho, a última fase da operação TOMAHAWK de iniciativa do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECP), composto pelo Ministério Público de Minas Gerais, polícias Civil e Militar e Subsecretaria de Administração Prisional (SUAPI).

Várias diligências foram realizadas após levantamentos do Ministério Público. O objetivo foi reprimir ações de duas organizações criminosas e especializadas em explosão de caixas eletrônicos, roubos a mão armada e tráfico de drogas em Divinópolis e no distrito de Marilândia, em Itapecerica, além de outros municípios da região.

PMMG/Divulgação

Integrantes da quadrilha foram presos e apreendidos objetos ligados aos crimes.

PMMG/Divulgação

Foram 141 militares que receberam o reforço do Comando de Operações em Áreas de Mananciais e Florestas (COMAF) e também do Comando de Aviação do Estado (COMAVE). Além disso 69 policiais civis, 16 agentes prisionais, 58 viaturas e duas aeronaves estiveram na operação.

PMMG/Divulgação

Foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão, onde foram apreendidas uma arma de fogo tipo garrucha, 13 veículos, R$47.088,00, porções e cigarros de maconha, 55 celulares, 4 notebooks, um radio comunicador, uma luneta, documentos de veículos, armas brancas, cartões de memória, pen drives, seis relógios, uma capa de colete balístico e fogos de artifício, utilizados para retirada de pólvora.

PMMG/Divulgação

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!