Funcionários de mercearias no Recanto da Lagoa e Vila Ferreira caem no golpe do troco

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma guarnição policial foi até uma mercearia na Rua José Bueno Oliveira, bairro Recanto da Lagoa, onde o solicitante de 29 anos contou que um homem chegou ao estabelecimento na tarde de quinta-feira (06) e pediu quatro latas de cerveja, entregando-lhe uma nota de R$ 200,00, que foi guardada em um caderno próximo ao caixa.

Ainda segundo o solicitante, subiu as escadas do comércio para buscar o troco de R$ 184,00 e entregou ao cliente, que lhe solicitou outras mercadorias, pedindo à vítima para aguardar, pois iria até o seu veículo pegar o cartão de débito.

Ele disse ainda que o autor não voltou mais e contou que a nota de R$ 200,00 que tinha guardado no caderno foi furtada.

Na mesma tarde uma equipe policial esteve em outra mercearia, desta vez na Rua Clodoveu Pereira da Costa, Vila Ferreira, onde a jovem de 18 anos contou que chegou no estabelecimento um homem e lhe pediu seis cervejas, pagando com uma nota de R$ 200,00, momento em que ela lhe entregou a mercadoria e o troco.

Ainda segundo a vítima, usando de astúcia, o autor a enganou e acabou levando a cerveja que adquiriu, a própria nota que ele lhe passou e parte do troco. Ela disse também que o suposto freguês lhe pediu mais 66 cervejas e enquanto a vítima preparava estes novos materiais, ele foi até seu veículo, dizendo-lhe que retornaria, mas não retornou, levando o dinheiro e objetos.

De acordo com a vítima, o autor tinha características semelhantes ao homem que aplicou golpe na outra mercearia.

Os militares orientaram as vítimas quanto a demais providências e partiram em rastreamento.

As ações descritas se encaixam no conhecido “Golpe do Troco”, em que os infratores distraem a atenção da vítima, durante a devolução de troco, geralmente de mercadoria de pequeno valor, paga com uma nota maior e acaba levando os produtos, a cédula com que pagou e o próprio troco do comerciante. A PM orienta aos comerciantes a ficarem atentos quanto a este e outros tipos de golpes aplicados em comércios. Em casos de pessoas em atitudes suspeitas nos estabelecimentos comerciais, a Polícia Militar deve ser acionada imediatamente pelo telefone 190.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!