Operações “Covil de Ladrões” e “Delivery” combatem roubos de carga e tráfico de drogas no Centro-Oeste de MG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) Divinópolis/MG, chefiado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) com apoio das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, deflagrou nesta quinta-feira, 6 de dezembro, a fase ostensiva da Operação “Covil de Ladrões” e “Operação Delivery”.

PMMG/Divulgação

As operações foram iniciadas em meados do mês de setembro de 2018 e foram batizadas “Covil de Ladrões”, em referência a escolha dos infratores de uma mesma região como local de atuação e esconderijo, no intuito de neutralizar organização criminosa voltada para a prática de roubos de cargas realizado, em sua maioria, na rodovia BR-262 bem como a receptação das cargas roubadas.

PMMG/Divulgação

A “Operação Delivery” foi deflagrada devido ser comumente utilizado pelos infratores, a entrega de drogas à domicílio. No caso da organização criminosa, os usuários de drogas ligavam para os entregadores os quais realizavam a entrega de entorpecentes em locais pré-definidos, utilizando uma mochila para entrega de lanches, no intuito de ludibriar e ou chamar menos a atenção das pessoas.

PMMG/Divulgação

Foram expedidos 24 mandados de prisão preventiva, 22 mandados de busca apreensão além do sequestro de veículos, na operação Covil de ladrões e 20 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão preventiva na Operação Delivery.

PMMG/Divulgação

Os mandados foram expedidos para as comarcas de Nova Serrana, Bom Despacho, Pitangui, Santo Antônio do Monte, Lagoa da prata e Divinópolis.

PMMG/Divulgação

Atuam nestas operações 191 policiais, distribuídos em 49 viaturas das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal. O resultado parcial mostra que 26 pessoas foram presas em virtude de cumprimento de mandados de prisões. Sete indivíduos presos em flagrante.

PMMG/Divulgação

Também foi apreendida até o momento a quantia de R$ 73.117,30, sendo R$ 46.117,30 em dinheiro e R$ 27 mil em cheques; além de 450 papelotes e uma barra de cocaína; um tablete e um pé de maconha; oito cartões de crédito; 23 veículos, sendo dois roubados.

Os policiais também apreenderam 25 aparelhos celulares; um notebook; um rádio comunicador; centenas de pares de calçados; cinco tokens e grande quantidade de produtos procedentes de cargas roubadas. As operações continuam e o balanço final deve ser divulgado ainda nesta quinta (6).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE