São Paulo define calendário escolar de 2022

O governo de São Paulo anunciou o calendário da rede estadual de educação para o ano letivo de 2022. O início das aulas está marcado para o dia 2 fevereiro e o fim para 23 de dezembro.

A definição vale para as 5,3 mil escolas administradas pelo governo estadual.

Estão previstos, no calendário, dois recessos após o primeiro e terceiro bimestre letivo, mantendo os períodos de férias escolares em janeiro e em julho.

Fim do revezamento
A rede estadual de São Paulo voltou na quarta-feira (3) as aulas presenciais sem necessidade de distanciamento ou revezamento entre os estudantes. Até a semana passada, as escolas deviam garantir a distância mínima de um metro entre os alunos. Agora, todos devem ir à escola todos os dias.

Segundo o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, foi registrada a presença de 85% dos estudantes.

De acordo com o governo estadual, 97% dos profissionais da educação estão completamente imunizados contra a covid-19 e 90% dos alunos entre 12 e 17 anos recebeu ao menos uma dose de vacina contra a doença.

Exceções
Mesmo com a obrigatoriedade da volta de todos os estudantes, a atividade remota continua permitida a alunos que são do grupo de risco, com mais de 12 anos, que não tenham completado o ciclo vacinal contra a covid-19; jovens gestantes e puérperas; crianças menores de 12 anos pertencentes a grupo de risco e para as quais não há vacina contra a doença aprovada no país; jovens com mais de 12 anos com comorbidades e que não tenham completado o ciclo vacinal; estudantes com condição de saúde de maior fragilidade ao novo coronavírus, mesmo com o ciclo vacinal completo, comprovada com prescrição médica. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!