Raphael Brito é novo técnico da equipe feminina do América-MG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Mourão Panda/América-MG

A equipe feminina do América está de técnico novo. Raphael Brito, antigo auxiliar técnico do time feminino, será o novo comandante das Coelhinhas. O treinador começará os trabalhos no dia 13 de agosto, quando o elenco se reapresenta e inicia a preparação para o Campeonato Mineiro.

Raphael Brito assume o lugar de Victor Alberiece, que fará parte da comissão técnica da equipe Sub-17 do América. O novo treinador falou um pouco sobre suas expectativas e o que espera nesta nova etapa.

“Minhas expectativas são as melhores, porque já estava envolvido no trabalho do treinador anterior. Sei que o América é uma referência no futebol feminino e também sei que está sempre ligado a grandes conquistas. Espero um time que mantenha sua forma, mas com uma postura bastante agressiva e bem dominante também. É a nossa ideia”, afirma.

O primeiro compromisso que Raphael terá é o Campeonato Mineiro de Futebol Feminino. O técnico americano comentou um pouco sobre a preparação da equipe e garantiu que empenho não faltará.

“Começaremos no mês de agosto. Estamos fechando o elenco para dar início a essa preparação. Teremos peças novas. Então, precisamos começar a preparação logo para já entrosarmos o elenco. O América será a referência no torneio por sermos os atuais campeões. Esperamos manter a hegemonia do América por meio de muito trabalho e muito empenho, o que não faltará. Estamos bastante empolgados por este América que está por vir”, disse.

Contratações

O América contratou mais duas novas jogadoras para reforçar o elenco. Tratam-se da goleira Thalya Nobre da Silva, de 20 anos, e da zagueira Mariana Cristina Delfino, de 22 anos. Ambas tem contrato até 15 de dezembro de 2018, com renovação automática até 31 de julho de 2019 em caso de classificação para o Campeonato Brasileiro A-2 de 2019.

Thalya começou a carreira no Centro Olímpico-SP, onde jogou entre os anos de 2012 a 2015, e conquistou a Taça Cidade de São Paulo, Fedeesp e a Copa Med House Juventus. Depois, teve uma pequena passagem pelo Juventus-SP e, em seguida, foi para o Sub-20 do São José dos Campos-SP. A jogadora ainda atuou pelo Vitória de Santo Antão-PE e Napoli-SC.

Mariana começou a carreira no Vasco da Gama-RJ. Depois, a atleta atuou no Botafogo-RJ, São José dos Campos-SP e pelo Napoli-SC. Com site do América-MG

PUBLICIDADE