Bombeiros de Minas Gerais atuam na Operação Moçambique

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os militares do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG) e a Força Nacional já estão atuando, exaustivamente, em atividades de assistência humanitária às vítimas do ciclone Idai, em Moçambique. Sua atuação envolve reposição de emergência dos serviços essenciais básicos como estradas, energia, água, comunicação, entre outros.

A montagem dos acampamentos é uma atividade extremamente importante para o povo moçambicano neste momento. Em coordenação com os gestores do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) de Moçambique, os bombeiros militares de Minas começaram sua atuação em campo numa das linhas mais importantes da Proteção e Defesa Civil: o acolhimento das vítimas das tragédias naturais em Beira.

Os militares coordenaram as ações para montagem de tendas no Acampamento Temporário São Pedro, numa das regiões mais afetadas da cidade de Beira. Nas palavras do subtenente Selmo, que tem mais de 25 anos de serviços prestados ao Corpo de Bombeiros, “foi uma missão fácil montar as tendas. Difícil foi ver toda a dor e sofrimento desse povo”.

Uma das importantes tarefas dos militares é levar 2 mil litros de diesel para as bombas que enviam água potável para a população, fato difícil devido às condições do rio que teve o volume de água muito alterado. As ações do dia terminam com entrega da ajuda humanitária enviada pelo Governo Federal ao INGC. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
Don`t copy text!