Governador quer acelerar parceria público-privada no DF

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, afirmou hoje (6) que pretende dar andamento rápido às parcerias público-privadas (PPP’s). Ele disse que amanhã haverá uma reunião, em Brasília, para tratar do assunto visando permitir que as licitações saiam o mais rápido possível.

“Amanhã, eu reunirei o grupo que trata da questão das PPPs para que a gente já aprove as parcerias público-privadas que estão em estudo em vários locais”, afirmou.

Dentre elas, está a concessão do Autódromo de Brasília e uma PPP para construção da TransBrasília, uma via que ligará Samambaia ao Plano Piloto, numa distância de aproximadamente 30 quilômetros.

“Temos várias áreas que estão em andamento. Essa área do Autódromo está bem avançada. Temos a TransBrasília, projeto pronto para ser licitado. Queremos fazer com que saia o mais rápido possível”, explicou.

O governador Ibaneis também citou as obras da saída norte, região que ainda não conta com Metrô. Os motoristas enfrentam congestionamentos diários nos horários de pico. As obras foram iniciadas ainda no governo Agnelo Queiroz, ficaram paradas durante parte da gestão do governador Rodrigo Rollemberg, e reiniciadas na segunda metade de sua gestão. “Amanhã vamos aprovar para liberar para cada um dos órgãos fazerem essas licitações”, disse.

Mutirão de cirurgias será iniciado
O governador também afirmou que o mutirão de cirurgias cardíacas no Distrito Federal terá início a partir desta semana.

“Já foram comprados os insumos e tenho certeza que, nesta semana, não só as cirurgias cardíacas, mas todo o plantão e toda a extensão de horário, terceiro turno na rede pública, tudo isso vai começar a funcionar para atender a população”, afirmou.

Na semana passada, em seus primeiros dias de governo, Ibaneis anunciou o SOS Saúde, um conjunto de ações emergenciais que, entre outras medidas, pretende zerar as filas nos hospitais e promover mutirões de cirurgia já a partir da próxima semana.

Troca da bandeira nacional
As declarações de Ibaneis foram dadas à imprensa hoje, após a cerimônia de troca da bandeira nacional, na Praça dos Três Poderes. A solenidade ocorre todo primeiro domingo do mês e sua realização hoje ficou a cargo da Polícia Militar do DF. O governador acredita que o brasileiro precisa “reforçar os laços cívicos” e disse que estará presente em outras cerimônias de troca da bandeira.

“Estamos vivendo um momento em que temos que reforçar esses laços cívicos. Uma solenidade como essa reafirma o nosso compromisso com a pátria. Acho que todos têm que ter esse envolvimento. Faço questão de estar nessa cerimônia e nas outras de hasteamento que forem feitas”, opinou.

A cerimônia de troca da bandeira é feita todo primeiro domingo do mês, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A solenidade é promovida pela Marinha, Exército ou pela Aeronáutica, além do Governo do Distrito Federal, que se revezam na organização do evento. O rodízio é coordenado pelo Ministério da Defesa.

Na troca, a bandeira nova é hasteada e só quando ela está no alto a bandeira a ser trocada é arriada. O mastro tem 100 metros de altura e é formado por 24 hastes dispostas em círculo que convergem no topo.

Elas simbolizam a convergência dos poderes e de todas as unidades da Federação. A bandeira nacional hasteada no mastro deve medir 186 metros quadrados. Durante a cerimônia de substituição, são executados o Hino da Bandeira e o Hino Nacional. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!