Pequi: venda e receptação de animal acaba na delegacia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Polícia Militar/Divulgação
Polícia Militar/Divulgação

Uma equipe da Polícia Militar de Pequi foi acionada por uma solicitante de 59 anos, a qual afirmou que recebeu informações de que uma égua de sua propriedade, que havia sido furtada no último dia 25 de novembro, estaria um sítio na zona rural. Os militares fizeram rastreamento e localizaram na Praça Santo Antônio, Centro, em Pequi, um homem de 41 anos apontado nas denúncias como suspeito de ter cometido o furto.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Ele admitiu que pegou o animal em um pasto, próximo à entrada da cidade. Contudo, disse que só fez isso porque o animal aparentemente estava sem dono e sua intenção inicial era cuidar dele. A égua foi encontrada no sítio de um homem de 48 anos, o qual informou a PM que o comprou do suspeito de 41 anos abordado pelos militares.

O homem de 48 anos disse ainda que o autor lhe procurou e ofereceu o eqüino por R$1.200,00 inicialmente, mas que depois aceitou vendê-lo por R$400,00. Esse era o valor de uma dívida que o autor tinha para com o comprador. O animal ficou com a proprietária até que sua devolução seja consolidada pela Polícia Civil ou a Justiça. O autor do furto, de 41 anos e o autor da receptação, de 48 anos, foram presos e encaminhados à Delegacia da Polícia Civil em Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!