Cerca de sete mil eleitores brasileiros devem votar domingo na Argentina

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


As urnas eletrônicas já estão sendo montadas na Argentina, onde cerca de 7 mil eleitores brasileiros estão habilitados a votar, a grande maioria (6.210) na capital, Buenos Aires. Os testes ocorrem nesta sexta-feira (5) e amanhã (6), véspera das eleições no Brasil.

Em Buenos Aires, a votação será no prédio da embaixada brasileira (Cerrito nº 1.350), onde estão sendo instaladas oito urnas.

Podem votar lá os eleitores que vivem na capital e nas províncias de Buenos Aires, Santa Fé, Entre Rios, Chaco, Formosa, La Pampa, Neuquen, Rio Negro, Chubut, Santa Cruz e Terra do Fogo.

Os demais (cerca de mil), votarão nos consulados brasileiros nas províncias de Córdoba e de Mendoza.

O horário de votação na Argentina é igual ao do Brasil: os centros abrem às 8h e fecham às 17h. Está prevista a presença de observadores de organizações não governamentais (ONGs) cadastrados na Justiça Eleitoral brasileira.

Nas últimas eleições, apenas 50% dos eleitores brasileiros na Argentina votaram. Brasileiros no exterior votam apenas para presidente, mas, para isso, precisam ter transferido seus títulos para o país de residência.

Quem está em trânsito (como, por exemplo, os turistas) não pode votar. Nesse caso, eles terão que justificar o voto a partir do dia 8 de outubro e até 6 de dezembro.

Mais informações podem ser encontradas AQUI. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE