ALMG discute hoje roubos a bancos e cooperativas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Redes Sociais

Debater ações de inteligência e prevenção a explosões, roubos a mão armada, sequestros, arrombamentos e outros crimes em agências de bancos e de cooperativas de crédito. Essa é a finalidade de audiência que a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) promoverá nesta terça-feira (5), às 10 horas, no Plenarinho IV.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A reunião foi solicitada pelo deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB). “Praticamente todas as cidades de Sul de Minas têm algum caso de assalto ou explosão de bancos ou sequestro do gerente e sua família”, alerta o parlamentar. Na sua avaliação, os crimes estão acontecendo em todo o Estado, mas com maior incidência no Sul de Minas, devido à proximidade com São Paulo.

“As quadrilhas chegam com armas pesadas e são recebidas por poucos policiais, que têm armas de baixo calibre”, continua. “A situação é muito grave e, por isso, estamos cobrando ações de inteligência das Polícia Militar e Civil e uso de outras tecnologias para impedir esses crimes”, conclui.

Em reportagem de abril deste ano, o portal de notícias G1 Sul de Minas informou que, numa madrugada, houve fortes ataques a agências bancárias de três municípios da região. Em Areado, os criminosos explodiram três agências e furtaram uma joalheria. Depois, um banco em Cabo Verde foi explodido e, por último, em Jacuí, duas agências e uma casa lotérica foram alvos dos criminosos. Com informações da Assessoria de Comunicação da ALMG.

PUBLICIDADE