Espanha ultrapassa Itália e fica em segundo maior número de infectados

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Espanha ultrapassou a Itália e registra agora o segundo maior número de infecções pelo novo coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Madri anunciou no sábado que o país identificou 7.026 novos infectados em relação à sexta-feira, com um total acumulado de 124,736.

O número de mortes aumentou em 809, totalizando 11.744. Este também é o segundo maior número após a Itália.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, disse a repórteres no sábado que ainda vai levar mais tempo para conter o alastramento do vírus no país.

Acrescentou que vai estender por duas semanas o atual estado de emergência, inicialmente marcado para ser encerrado em 11 de abril. A Espanha está sob uma paralisação nacional desde 14 de março, e saídas não essenciais têm sido restritas.

Enquanto isso, a Itália, o primeiro país na Europa a restringir o movimento de pessoas, tem comprovado o efeito da medida na desaceleração do número de novos casos. Em uma entrevista a um canal de televisão, o ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, afirmou que o distanciamento social é a única maneira de conter o alastramento do coronavírus, já que ainda não há vacina ou tratamento.

Ele pediu a todos os italianos para continuar a respeitar as medidas de isolamento que continuam em vigor até 13 de abril. Com informações da TV NHK do Japão

PUBLICIDADE
Don`t copy text!