Caminhoneiro é preso em Arcos por comunicação falsa de roubo seguido de sequestro

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Um motorista de 30 anos foi preso na tarde de terça-feira, 5 de março, por simular um roubo seguido de sequestro. Ele acionou a Polícia Militar às 12 horas dizendo que estava em uma estrada que liga o município de Pains ao distrito de Calciolândia, zona rural de Arcos, alegando que conduzia o caminhão da empresa em que trabalha pela rodovia MG-050, próximo ao pedágio existente entre Formiga e Pimenta, quando indivíduos armados, que ocupavam um carro escuro, o sequestraram com o objetivo de roubar o caminhão. Disse ainda que foi libertado instantes depois.

Os militares desconfiaram da versão do motorista e descobriram que, na verdade, ele havia entrado à estrada rural contrariando ordem do seu patrão, e como o caminhão ficou atolado no barro, houve a impossibilidade de seguir viagem. Com isso, o motorista decidiu criar um falso roubo e acionar a polícia para registro de um boletim de ocorrência para justificar o seu erro.

PMMG/Divulgação

O motorista, natural da cidade de Joaima-MG, recebeu voz de prisão pela infração penal comunicação falsa de crime, sendo conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil em Formiga. Ele vai responder a um processo cuja pena é para este crime é de detenção, de 1 a 6 meses, ou multa.

De acordo com o Código Penal, Artigo 340, provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado: Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

Dica da Polícia Militar
Em hipótese alguma tente simular ou inventar uma situação que configure crime. Quem o fizer certamente deixará de ser uma suposta vítima para ser um autor de crime em potencial, arcando, inevitavelmente, com as conseqüências dessa irresponsabilidade.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!