Militares usam spray de pimenta para dispersar multidão e acabar com brigas durante festa em Lagoa Preta

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Policiais militares se deslocaram até um bar, localizado na comunidade de Lagoa Preta, município de São José da Varginha, onde se aglomeravam mais de 200 pessoas, que estavam em frente ao bar e em uma praça. A aglomeração ocorreu em decorrência de uma festa popular que ocorria na comunidade. Atuaram no local, militares de São José da Varginha, com reforços de militares do Grupo Tático Móvel e outras equipes de Pará de Minas.

Muitas das pessoas presentes estavam exaltadas, após uso de bebida alcoólica e o envolvimento em brigas anteriores à chegada dos militares, que deram ordens para as pessoas mais exaltadas se dispersarem, e restaurar a ordem, evitando novas brigas. Porém, muitas destas pessoas não acataram, sendo necessário o uso de Instrumentos de spray de pimenta para afastar as pessoas do local do confronto e evitarem novas atitudes agressivas.

Na confusão generalizada, não foi possível identificar, de imediato, os envolvidos nas brigas. Quando os militares estavam averiguando a informação sobre os envolvidos que estavam na praça, souberam que havia se começado outra briga generalizada no bar e foram até o local para contê-la, mais uma vez tendo dificuldades quanto ao grande número e à exaltação dos presentes.

Usaram novamente o spray de pimenta e outros equipamentos, para dispersar os exaltados e controlar a multidão. Os envolvidos na briga entraram no meio da multidão e não foi possível identificá-los.

Após muito esforço dos militares, a multidão foi pacificada e os conflitos controlados. O proprietário do bar achou melhor fechá-lo, após fazer a limpeza do local e as pessoas deixaram o espaço gradativamente, uma vez que o evento principal que ocorreu na comunidade e motivou a aglomeração expressiva de pessoas, já havia acabado.

Militares não foram informados sobre vítimas das brigas. A ação foi necessária para apaziguar o conflito, com o mínimo de consequências físicas para as partes envolvidas e dadas às dificuldades encontradas no local, este objetivo foi alcançado. Essa confusão ocorreu na tarde de domingo, 3 de fevereiro.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!