Galo estreia na Libertadores com empate no Uruguai

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em busca do bicampeonato, o Atlético estreou na Copa Conmebol Libertadores empatando por 2 a 2 com o Danubio, na noite desta terça-feira (5/2), no jogo de ida da segunda fase da competição. A partida foi disputada no Estádio Luis Franzini, em Montevidéu, no Uruguai.

O Atlético dominou o jogo no primeiro tempo, abriu o placar com Ricardo Oliveira, aos 28 minutos, e acabou sofrendo o empate aos 45 minutos, gol de Fede Rodríguez. Na etapa final, o Galo voltou à frente com mais um gol do camisa 9, aos 31 minutos, e levou o gol de empate três minutos depois, com Sergio Felipe.

O goleiro Cristóforo, do Danubio, foi o destaque do jogo, com grandes defesas que terminaram impedindo a vitória atleticana.

O jogo de volta será disputado às 19h15 da próxima terça-feira, em Belo Horizonte. O Atlético avançará para a terceira fase com vitória ou empate por 0 a 0 ou 1 a 1. Um novo empate por 2 a 2 levará a decisão para os pênaltis e as igualdades com três ou mais gols para cada lado favorecem o time uruguaio.

A equipe que avançar no torneio enfrentará o vencedor do confronto entre Defensor, do Uruguai, e Barcelona, do Equador.

O JOGO

O Atlético fez a sua primeira tentativa na arrancada de Chará pela direita e a bola explodiu no zagueiro após o arremate do atacante colombiano. Em seguida, Fábio Santos recebeu lançamento de Cazares na entrada da área pela esquerda e abola acabou escapando do lateral-esquerdo e indo direto para as mãos do goleiro.

Aos oito minutos, Ricardo Oliveira tabelou com Luan pela esquerda e cruzou para a finalização de Chará, defendida pelo goleiro Cristóforo. No escanteio, Réver cabeceou e o arqueiro uruguaio salvou novamente.

Em grande oportunidade, aos 14 minutos, Ricardo Oliveira recebeu ótimo passe de Fábio Santos e parou na boa intervenção do goleiro do Danubio.

Victor fez boa defesa em conclusão de Onetto, aos 18 minutos. Dois minutos mais tarde, Cazares recebeu passe de Ricardo Oliveira e chutou de primeira, de fora da área, para a defesa tranqüila de Cristóforo.

A equipe da casa assustou no cabeceio de Rodríguez e a bola saiu rente à trave. Aos 28 minutos, Ricardo Oliveira recebeu grande passe de Cazares e tocou na saída do goleiro para fazer o primeiro gol do Atlético na Libertadores 2019: Galo 1 x 0.

Logo depois do gol, Luan fez boa enfiada de bola para Chará, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante colombiano.

Aos 34, Chará fez boa jogada pela direita e tocou para Patric, que foi desarmado. Em seguida, Fábio Santos cruzou pela esquerda e Cazares cabeceou para outra boa defesa do goleiro uruguaio.

Luan arriscou de fora da área, aos 44 minutos, na última chance do Galo na primeira etapa. Antes do encerramento da primeira metade do jogo, o Danubio conseguiu o empate, aos 45, com Fede Rodríguez.

SEGUNDO TEMPO

De volta do intervalo com a mesma formação, o Galo levou perigo na enfiada de bola de Cazares para Ricardo Oliveira, mas a arbitragem assinalou impedimento do camisa 9 atleticano.

Aos nove minutos, Ricardo Oliveira recebeu outro bom passe de Cazares e concluiu para a defesa do goleiro. O arqueiro do Danubio voltou a aparecer bem no minuto seguinte, defendendo cabeceio do próprio Ricardo Oliveira.

Aos 12 minutos, Elias recebeu passe de Ricardo Oliveira na entrada da área e chutou cruzado, mas a bola desviou na defesa. Aos 14, foi a vez de Victor brilhar e salvar o Galo ao defender a finalização de Olivera.

Luan arriscou de fora da área, aos 15 minutos, e parou na defesa de Cristóforo.

Aos 17, Chará e Elias foram substituídos por Maicon Bolt e Zé Welison, respectivamente.

Cazares tomou a bola no meio-campo, aos 25 minutos, Ricardo Oliveira arrancou pela esquerda e chutou para mais uma defesa do goleiro do Danubio.

Aos 28 minutos, Cazares cobrou cinco escanteios seguido pelo lado esquerdo e quase fez gol olímpico no último deles, mas o goleiro conseguiu evitar.

Ricardo Oliveira voltou a marcar aos 32 minutos, completando de cabeça o bom cruzamento de Maicon Bolt.

Aos 34, os donos da casa empataram novamente, com Sérgio Felipe.

Aos 40 minutos, Bolt cruzou pela direita e o zagueiro recuou para o goleiro. No tiro livre indireto assinalado pelo árbitro, o chute de Zé Welison desviou no zagueiro, decretando o empate em Montevidéu.

FICHA TÉCNICA
DANÚBIO 2 x 2 ATLÉTICO

Motivo: Copa Conmebol Libertadores – Segunda fase (Ida)
Data: 05/02/2019
Estádio: Luis Franzini
Cidade: Montevidéu (URU)
Gols: Ricardo Oliveira (28’/1ºT) (31’/2ºT), Fede Rodríguez (45’/1ºT), Sergio Felipe (34’/2ºT)
Árbitro: Germán Delfino (ARG)
Auxiliares: Juan Pablo Belatti (ARG) e Maximiliano Del Yesso (ARG)
4º Árbitro: Silvio Trucco (ARG)
Assessor de árbitros: Amelio Andino (PAR)
Cartões amarelos: Igor Rabello, Patric, Adilson, Ricardo Oliveira (Atlético); Leandro Sosa, Siles, Denis Oliveira (Danubio)

Danubio
Cristóforo, Sergio Felipe, Renzo Ramirez, Goñi, Leandro Sosa, Siles, Denis Oliveira (Ghan), Montes, Onetto (Maicol Ferreira), Grossmüller, Fede Rodríguez. Técnico: Marcelo Méndez.

Atlético
Victor; Patric, Réver, Igor Rabello, Fábio Santos; Adilson, Elias (Zé Welison), Luan, Cazares, Yimmi Chará (Maicon Bolt) e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.
Com site do Atlético-MG

PUBLICIDADE
Don`t copy text!