América inicia 2021 com dez atletas em transição na categoria profissional

O elenco atual do América, que demonstrou sua força durante todo o ano de 2020, tem tido como uma de suas características a presença cada vez mais maciça de jovens revelados nas categorias de base do Clube.

No plantel de 2020, 14 atletas tinham o “selo” do DNA Formador do Clube. Ainda no início da temporada, o volante Renan Gomes, os meias Gustavinho e João Gabriel e os atacantes Carlos Alberto e Kawê foram integrados ao plantel profissional. Nos últimos meses, o técnico Lisca passou a observar mais seis atletas: o goleiro Robson, o zagueiro Heitor, os laterais Lucas Gabriel e Carlos Junio, o volante Matheus Santos e o atacante Goldeson.

No mês de agosto, após o período de interrupção do futebol nacional, iniciou-se a disputa do Campeonato Brasileiro Sub-20. A participação do América foi até o dia 20 de dezembro, com a equipe tendo somado 21 pontos e encerrado a disputa na 15ª posição. Dos atletas que defenderam o Coelhãozinho na competição, dez foram selecionados, ao fim da disputa, para seguir integrados à categoria profissional (vide detalhes ao fim da matéria).

Fred Cascardo, Diretor de Futebol de Base do América, comenta sobre os objetivos alcançados no trabalho de base em 2020.

“O principal objetivo do ano foi alcançado, que é a transição dos atletas ao profissional. Em um primeiro momento, com participação nos treinos. Em seguida, com a oportunidade de serem convocados para partidas do profissional. Alguns desses atletas, como o Carlos Alberto e Kawê, já puderam estrear e atuar no time principal. Estamos também felizes por outros atletas, frutos da nossa Captação, estarem sendo observados e integrados nesse processo de ambientação ao profissional”, avaliou.

O dirigente também descreveu como foi o planejamento para a composição de plantel da categoria Sub-20.

“O planejamento de 2020 foi todo elaborado após a disputa da Copa São Paulo no início do ano. Ao fazermos o relatório dessa competição e também o da temporada 2019, concluímos que vários atletas que têm projeção dentro do Clube e possibilidade de vestir a camisa do América no futebol profissional vinham com um déficit de minutos em competições. Então, optamos por um time mais novo na categoria Sub-20, com um elenco quase completamente formado por jogadores nascidos em 2001 e 2002. Propiciamos a esses atletas, portanto, um volume grande de jogos e participação em competições Sub-20. Optamos por não trazer atletas em último ano da idade da categoria a fim de oportunizar a evolução dos garotos que já estavam no Clube”.

Fred Cascardo também projetou o ano de 2021 e o que será buscado para incrementar o trabalho com os jovens que vêm sendo lapidados pelo Clube.

“Vale destacar que nosso projeto com as categorias de base é de médio a longo prazo. Tivemos modificações no comando técnico do Sub-20, então é um trabalho novo que vai se consolidar. Em 2021, queremos também buscar um aumento de performance esportiva, especialmente no Campeonato Brasileiro, além de buscar uma grande campanha no estadual. Portanto, os objetivos esportivos nas competições de base também serão colocados como muito importantes na formação dos nossos atletas. No Sub-20, temos vários atletas com pelo menos mais um ano ou mais dois na categoria. Vamos trabalhar para o Clube em breve colher grandes frutos com eles”, completou.

Confira os atletas que disputaram o Brasileiro de base em 2020 e seguem em integração ao profissional:

  • Robson (goleiro – 20 anos):
    No América desde abril de 2019, jogou 13 partidas do Brasileiro Sub-20.
  • Heitor (zagueiro – 16 anos):
    No América desde às categorias de iniciação e atualmente pertencente à categoria Sub-17, atuou pelo Brasileiro da categoria e foi relacionado para jogos do Sub-20. Vem treinando no profissional nos últimos meses.
  • Lucas Gabriel (lateral – 18 anos):
    No América desde agosto de 2019, jogou 16 partidas do Brasileiro Sub-20.
  • Carlos Junio (lateral – 19 anos):
    No América desde novembro de 2016, jogou 16 partidas do Brasileiro Sub-20.
  • Matheus Santos (volante – 20 anos):
    No América desde maio de 2019, jogou 17 partidas do Brasileiro Sub-20.
  • João Gabriel (meia – 20 anos):
    No América desde 2016, atuou no Brasileiro Sub-20 após defender por empréstimo o time profissional do Marília-SP.
  • Gustavinho (meia – 19 anos):
    No América desde abril de 2018, jogou 17 partidas e anotou 5 gols no Brasileiro Sub-20.
  • Carlos Alberto (atacante – 18 anos):
    No América desde abril de 2018, jogou 16 partidas e anotou 6 gols no Brasileiro Sub-20.
    Convocado duas vezes pela Seleção Brasileira Sub-20 em 2020.
  • Goldeson (atacante – 19 anos):
    No América desde abril de 2017, jogou 16 partidas e anotou 5 gols no Brasileiro Sub-20.
  • Kawê (atacante – 18 anos):
    No América desde novembro de 2018, jogou 17 partidas e anotou 2 gols no Brasileiro Sub-20.

Com site do América-MG

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!