Comerciante tenta vender freezer de empresa sem autorização; ele e compradora são presos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma guarnição policial apreendeu um freezer extraviado de uma empresa de bebidas na manhã desta segunda-feira (04) em Pará de Minas. Um homem de 37 anos que vendeu o equipamento e a mulher de 39, que comprou, foram presos na Rua Sete de Setembro, Centro.

O homem acionou uma equipe militar alegando que havia vendido um freezer para a mulher de 39 anos, por R$1500,00. Ela só teria pago R$250,00 e o acusou de tê-la vendido o freezer furtado ou de procedência duvidosa.

A mulher contou aos policiais que comprou o freezer do autor para pagar em parcelas e que ele havia dito que daria um prazo maior se não conseguisse quitá-las. Porém ele passou a cobrar a dívida de maneira insistente e invasiva.

O representante da empresa de bebidas relatou aos policiais que o freezer pertence à empresa, conforme numeração de patrimônio mostrada por ele e que não poderia ser vendido, pois foi cedido em regime de comodato para um comerciante.

Tanto o vendedor como a compradora foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia. O freezer foi apreendido.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!