Explosão em fábrica de fogos de Lagoa da Prata causa queimaduras em 90% do corpo de trabalhador

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Um homem de 34 anos foi levado para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte em estado grave. Ele trabalhava em uma fábrica de fogos de artifício, na comunidade de Martins Guimarães em Lagoa da Prata quando houve uma explosão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado às 13h42 e as equipes das unidades de Suporte Básico (USB) de Lagoa da Prata e de Suporte Avançado (USA) de Luz, foram para o local.

A vítima estava com queimaduras graves e foi solicitado apoio do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros.

SAMU Oeste/Divulgação

De acordo com as últimas informações repassadas pela assessoria de Comunicação do SAMU Oeste, o trabalhador estava em uma casinha de produção no meio do mato que ficou totalmente destruída.

Teve queimaduras de 2° e 3° grau em 90% da superfície corpórea, inclusive face e vias aéreas. Um ferimento grave proveniente da explosão no flanco esquerdo.

SAMU Oeste/Divulgação

Foi sedado e entubado no local. O médico da USA de Luz tripulou a USB até o campo que o Arcanjo 04 do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) já aguardava o paciente. Foi levado para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte.

Atualizada em 04/10/2019 as 17h19min.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!