Guatemala: aumenta para 56 o número de mortos após erupção de vulcão

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Noe Pérez/EFE/direitos reservados

A Coordenação Nacional para Redução de Desastres da Guatemala (Conred) confirmou, no começo da tarde de segunda (4), que o número de mortos em decorrência da erupção do Vulcão Fogo subiu de 25 para 56, em três departamentos do país que estão em estado de calamidade.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Pelo menos 1,7 milhão de pessoas foram atingidas, principalmente no departamento de Escuintla, uma das áreas mais afetadas pelas lavas e cinzas do vulcão.

Ainda há desaparecidos e os bombeiros trabalham nos resgastes. Segundo o Instituto Nacional de Sismologia, Vulcanologia, Meteorologia e Hidrologia (Insivumeh) e a Conred, a erupção lançou cinzas a 10 mil metros de altura sobre o nível do mar e atingiu 700 graus Celsius (ºC). Pelo menos 3,2 mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas e há 45 feridos.

O vulcão, de 3.763 metros de altura, fica entre os departamentos de Escuintla, Chimaltenango e Sacatepéquez, 50 quilômetros a oeste da capital.

Esta segunda erupção do Vulcão Fogo foi a mais forte dos últimos anos. A Organização dos Estados Americanos (OEA) aprovou hoje moção de apoio à Guatemala. Com Agência Brasil/Telesur

PUBLICIDADE