Explosão em siderúrgica de Pitangui deixa três funcionários feridos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A central de regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) recebeu um chamado às 17h40 de terça-feira (02) para atender a uma ocorrência de explosão na rodovia 423, bairro Brumado em Pitangui.

As informações iniciais eram de múltiplas vítimas.

A Unidade de Suporte Básico (USB) foi empenhada e em seguida foram acionadas a Unidade de Suporte Avançado (USA) e USB de Nova Serrana Pará de Minas.

Reprodução

No local a equipe da USB comunicou que não havia vitimas e foram dispensadas as outras três unidades do SAMU.

Uma mulher de 34 anos foi atendida. Ela estava muito assustada e não quis ser encaminhada ao hospital.

Um homem de 27 anos também foi atendido pela equipe. Ela estava consciente, sem ferimentos ou queimaduras, e assustado. O rapaz estava próximo ao tanque quando percebeu o vazamento de gás e saiu correndo. Instantes depois ouviu a explosão. Ele foi encaminhada à Santa Casa de Pitangui.

Para tirar a dúvida sobre desparecidos foi feita contagem dos funcionários e faltava um colaborador. A equipe da USB foi ao hospital onde foi informada que um outro homem deu entrada na unidade. Ele pulou no rio que tem próximo à siderúrgica, nadou até a margem, saiu e pediu socorro na rodovia. Populares o levar para a Santa Casa.

Reprodução

O Corpo de Bombeiros e o grupo de resgate G3 auxiliaram nos trabalhos.

A explosão ocorreu por causa de dois tanques de gás P400 que continham Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), utilizado em botijões de cozinha. As chamas foram controladas em um dos tanques e o local foi isolado por segurança.

Reprodução

Segundo o Corpo de Bombeiros, não há risco de novas explosões. As caldeiras e fornos ficam a cerca de 50 metros de distância do local da explosão.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!