Polícias Militar e Civil realizam operação conjunta e prendem envolvidos em crimes no Centro-Oeste de MG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

PMMG/Divulgação

A “Operação O Regresso” foi desencadeada nas 19 Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP) por equipes das polícias Militar e Civil, nesta terça-feira, 3 de junho, tem com o objetivo de combater a violência e reprimir organizações criminosas no Estado de Minas Gerais, a Operação “O Regresso”.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O foco dos policiais é o cumprimento de 289 mandados de prisão em desfavor contra indivíduos em várias cidades do Estado, pelas práticas de crimes violentos, dentre eles, roubo, homicídio e tráfico de drogas, sendo alguns deles integrantes da facção denominada Primeiro Comando da Capital (PCC).

PMMG/Divulgação

Na 7ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP), sediada em Divinópolis, foi elaborado um planejamento entre o comando da 7ª Região da Polícia Militar e a chefia do 7º Departamento da Polícia Civil, sendo estabelecidas as estratégias de ação para o cumprimento das diligências, bem como a composição das equipes, objetivando uma atuação integrada entre Polícia Civil e Polícia Militar, sendo definidos ainda alguns alvos nos municípios de Divinópolis, Itaúna, Formiga e Morada Nova de Minas.

A operação foi realizada de forma integrada entre as polícias, por intermédio da Superintendência de Investigação e Polícia Judiciária (SIP) e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), sendo empregados na operação 46 policiais militares e 47 policiais civis, além de 22 viaturas.

PMMG/Divulgação

Ressalta-se que dos alvos selecionados para a operação, três deles já foram presos durante os levantamentos iniciais e, para a realização de diligências em relação aos demais, foi realizada uma distribuição equitativa entre as Instituições.

A operação logrou êxito na prisão de quatro alvos, dos quais um deles tem envolvimento em explosão de caixas eletrônicos e com o qual foi localizado e apreendido um revólver calibre 38, que foi subtraído durante a explosão de caixa eletrônico em uma agência bancária no município de Camacho.

As prisões ocorreram em Itaúna, de um indivíduo de 20 anos com passagens por roubo e tráfico de drogas. Outro de 22 anos com passagens por roubo foi preso em Belo Horizonte.

PMMG/Divulgação

No município de Formiga foi preso um indivíduo de 26 anos com passagens por estupro de vulnerável, tráfico de drogas e embriaguez ao volante. Também em Formiga foi preso outro homem de 45 anos com passagens por extorsão, homicídio e ameaça. Em Divinópolis ocorreu a prisão de outro de 30 anos com passagens por furto, receptação, tráfico de drogas, roubo, explosão de caixa eletrônico e homicídio.

Além dos alvos da operação, foi realizada ainda a prisão de um indivíduo de 21 anos pelos crimes de desobediência e favorecimento real, indivíduo este que teria alugado o sítio para que um autor envolvido em explosões de caixas eletrônicos de 30 anos, e preso nesta operação, se escondesse. Também foi presa uma mulher de 25 anos pelo crime de desacato.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!