Doriva avalia preparação da Seleção Feminina para a Copa do Mundo 2018

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

A Seleção Brasileira Feminina Sub-20 segue concentrada em Águas de Lindoia (SP), já nos preparativos para a Copa do Mundo 2018 da categoria, que será disputada entre os dias 5 a 24 de agosto deste ano, na França. Focadas, as atletas permanecem sob os olhares atentos do técnico Doriva Bueno e de toda sua comissão técnica, na segunda fase de treinamentos, desde o dia 23 de abril.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

– A avaliação dessa segunda etapa de treinamento é muito positiva, tirando algumas dificuldades de convocação das meninas que jogaram o Sul-Americano. Trouxemos algumas de fora, que não estavam na competição e tivemos surpresas muito boas.

Muitas das jogadoras convocadas para esta etapa de treinamento e também as que foram campeãs sul-americanas em janeiro deste ano, estão disputando o Campeonato Brasileiro Feminino A1 e A2 2018, o que para o técnico Doriva é essencial para a evolução técnica e manutenção da parte física das atletas.

– O bom dessas jogadoras do Sul-Americano estarem no Brasileiro é que elas estão em atividade, estão treinando. Porém, a gente começa a ter algumas dificuldades de liberação dessas meninas. Então precisamos muito da colaboração dos clubes durante este período de preparação. Agora é concentrar na equipe e achar uma peça ou outra que venha para fortalecer e dar sequência à preparação, melhorar o entrosamento, a condição física, para que a gente chegue bem no Mundial – ressaltou.

Para a preparação à Copa do Mundo, nos moldes feitos para o Sul-Americano, a Seleção Sub-20 fará dois amistosos importantes e essenciais para a avaliação da comissão técnica. Os confrontos serão contra a seleção americana, nos dias 30 de junho e 3 de julho, em Portland, nos Estados Unidos.

– Esses dois jogos serão muito valiosos para a nossa preparação, pois já estaremos com a equipe praticamente que vai para a Copa do Mundo. A seleção americana é uma adversária que podemos enfrentar ao longo da competição, e também essencial para testarmos nosso time. Disputamos, no ano passado um torneio antes do Sul-Americano, fizemos um grande jogo contra a equipe dos Estados Unidos, vencemos. Acredito que eles devem ter se reforçado, passado por um período de treinamento maior. Para nós será super importante para dar mais entrosamento e também disputa de alto nível. Precisamos nos preparar bem para estes jogos – concluiu o treinador.

Na fase de grupos do Mundial, o Brasil enfrentará o México, a Inglaterra e a Coreia do Norte na fase de grupos da competição. Com site da CBF

PUBLICIDADE
Don`t copy text!