Em virada emocionante, Galo vence pela Libertadores

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em virada emocionante e acompanhada por mais de 40 mil torcedores no Mineirão, o Galo conquistou um importante resultado pela Copa Conmebol Libertadores ao vencer o Zamora, da Venezuela, por 3 a 2.

Válida pela terceira rodada do Grupo E, a partida foi disputada na noite desta quarta-feira (3/4), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Os gols alvinegros foram de Maicon Bolt, Vinicius e Fábio Santos.

Com o resultado positivo, o Atlético fez os seus primeiros três pontos na competição continental e ficou em terceiro lugar na chave, que é liderada pelo Cerro Porteño, do Paraguai, com nove pontos. O Nacional, do Uruguai, ocupa a segunda colocação, com seis pontos.

Na 4ª rodada, na próxima quarta-feira (10/4), o Atlético enfrentará o Cerro Porteño, às 19h15, em Assunção, no Paraguai. O próximo jogo em casa será pela 5ª rodada, em 23/4 (terça-feira), às 21h30, contra o Nacional, no Mineirão, em Belo Horizonte. A participação na fase de grupos terminará em 7/5 (terça-feira), às 19h15, contra o Zamora, em Barinas, na Venezuela.

O Atlético volta a campo neste domingo para enfrentar o Boa Esporte, no Mineirão, no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro.

O JOGO

O primeiro tempo não foi do Atlético. Mesmo com mais posse de bola, o Galo não conseguiu criar muitas oportunidades claras para balançar a rede adversária e ainda sofreu dois gols da equipe venezuelana, aos 16 e 43 minutos.

Na primeira chance boa chance, aos nove minutos, Luan cruzou pela direita e a bola caiu na pequena área, entre Ricardo Oliveira e Maicon Bolt, que não conseguiram finalizar antes da defesa afastar o perigo.

Aos 15 minutos, após tentativa de recuo de Ignácio González, Luan cabeceou na trave. Aos 35, Ricardo Oliveira tabelou com Elias e finalizou por cima do gol, rente ao travessão.

Elias tomou a bola na intermediária, aos 40 minutos, e concluiu para a defesa do goleiro Graterol.

SEGUNDO TEMPO

O time voltou do intervalo sem alterações, mas com muita disposição. Logo aos dois minutos, Elias tentou arremate da entrada da área e foi travado pelo zagueiro.

Aos cinco minutos, Luan recebeu passe de Guga na linha de fundo pela direita e cruzou na medida para o cabeceio certeiro de Maicon Bolt, que diminuiu, assim, a desvantagem atleticana.

Motivado pelo gol, o Atlético foi para cima e quase fez o segundo logo depois, quando Luan completou cruzamento rasteiro de Cazares pela esquerda e o goleiro venezuelano fez a defesa.

Aos 14 minutos, Zé Welison arriscou de fora da área e a bola explodiu no travessão. No ataque seguinte, Zé Welison tabelou com Bolt, arriscou novamente de fora da área e a bola saiu com perigo, à direita do gol.

Zé Welison e Elias foram substituídos por Nathan e Vinicius, respectivamente, aos 22 minutos.

O Galo pressionava e, aos 26, Ricaro Oliveira recebeu passe de Luan na grande área e chutou, Vinicius desviou a bola e empatou a partida: 2 x 2 e torcida insana no Gigante da Pampulha.

Aos 33, o zagueiro colocou a mão na bola em tentativa de drible de Ricardo Oliveira. Com personalidade, Fábio Santos fez a cobrança do pênalti, no canto direito do goleiro, e decretou a virada atleticana: Galo 3 a 2.

Bastante aplaudido, Luan deixou o campo aos 37 minutos para a entrada de Jair. Aos 43, Ricardo Oliveira tomou a bola do zagueiro, invadiu a área e finalizou para defesa do goleiro Graterol.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 3 x 2 ZAMORA

Competição: Copa Conmebol Libertadores
Etapa: 3ª rodada do Grupo E
Data: 03/04/2019
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público: 40.857
Renda: R$1.053.290,00
Gols: Gallardo (16’1ºT), Paiva (43’1ºT); Maicon Bolt (5’2ºT), Vinicius 26’2ºT), Fábio Santos (35’2ºT)
Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Assistentes: Jose Antelo (BOL) e Edwar Saavedra (BOL)
4º Árbitro: Luis Yrusta (BOL)
Assessor de Árbitros: Angel Sanchez (ARG)
Cartões amarelos: Luan, Réver (Atlético); Óscar Hernández, Soto (Zamora)
Cartão vermelho: Óscar Hernández (Zamora)

Atlético
Victor; Guga, Réver, Igor Rabello, Fábio Santos, Zé Welison (Nathan), Elias (Vinicius), Luan (Jair), Cazares, Maicon Bolt e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.

Zamora
Graterol; Castro, De La Hoz, Mayker González, Ignacio González, Hernandez, Ramírez (Mena), Rojas (Soto), Maza, Guillermo Paiva (Zarate) e Gallardo. Técnico: Alí Cañas.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!