Trabalhadora da área de saúde morre no Japão após ser vacinada contra o coronavírus

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão informou que uma mulher na casa dos 60 anos de idade morreu na segunda-feira (1º), três dias depois de ter recebido a vacina para o coronavírus. Este é o primeiro caso de morte após inoculação com a vacina no Japão.

De acordo com o ministério, a mulher, que trabalhava na área da saúde, recebeu a vacina da Pfizer e BioNTech na sexta-feira (26).

Na terça-feira, o hospital que ministrou a vacina entregou um relatório ao ministério relatando a morte da mulher na segunda-feira (1º).

O hospital afirma que a mulher não tinha nenhum problema de saúde ou alergias e que acredita-se que a causa de sua morte tenha sido uma hemorragia subaracnóidea. A instituição médica informou ao ministério que, neste momento, ainda não é possível avaliar se existe uma relação causal entre a vacina e o incidente.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social informou que o caso será minuciosamente investigado por um painel de especialistas. Com informações da TV NHK do Japão

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!