Ex-presidente Sarkozy diz estar disposto a processar França para provar inocência

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy disse ontem (2) que está disposto a ir ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos para provar sua inocência, em sua primeira reação pública após ser considerado culpado de corrupção por juízes na segunda-feira.

“Recorri da decisão, talvez tenha de levar esta luta até o Tribunal Europeu de Direitos Humanos”, afirmou Sarkozy ao jornal Le Figaro.

“Seria doloroso para mim ter que conseguir que meu próprio país seja condenado, mas estou disposto a isso porque esse seria o preço da democracia”, disse ele, acrescentando que não vai se candidatar à Presidência em 2022, mas apoiará um candidato no tempo devido. Com Agência Brasil/Reuters

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!