Cruzeiro fecha com Mário Henrique para comando da equipe Sub-17

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A equipe juvenil do Cruzeiro já tem um novo comandante. Trata-se de Mário Henrique, de 41 anos, que apesar da pouca idade, tem grande experiência nas categorias de base e no futebol profissional. Seu último clube foi o Cuiabá, sendo treinador da equipe Sub-20 e auxiliar técnico do profissional, trabalhando como técnico interino em duas partidas na campanha que culminou no acesso da equipe mato-grossense à primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

“Gostaria de agradecer a rica oportunidade de poder trabalhar em um clube do tamanho do Cruzeiro, um gigante do futebol. Estou muito feliz com o acerto. Tive a oportunidade de fazer boas campanhas em outras equipes e ajudar a revelar atletas que chegaram no cenário profissional brasileiro e até mesmo mundial”, comentou.

Rodrigo Farofa (Real Madrid), Jajá (Athletico-PR e Seleção Sub-23), Mingotti (Athletico-PR), Lima (Ceará), Allan (Atlético-MG) e Cauê (Corinthians e Seleção Sub-20) são alguns atletas que Mário Henrique ajudou a lapidar no futebol nacional.

“Temos uma ideia de trabalho que vai de encontro ao que já está sendo implantado no clube, principalmente na formação dos atletas. Queremos que eles cresçam em todos os sentidos e não somente no âmbito profissional, mas também no pessoal e no caráter de cada um. A motivação é grande, estou saindo de um clube onde conseguimos o acesso a série A do Campeonato Brasileiro. Deixei um legado lá, mas quando recebi o convite do Cruzeiro, não pensei duas vezes. Fazer parte desse projeto vai ser bacana e muito produtivo”, disse.

Dentre várias equipes, Mário Henrique foi treinador do Sub-20 do Internacional-RS e do Mirassol-SP. Ele espera que suas experiências ajudem no trabalho de revelação e transição de atletas no Cruzeiro.

“Eu vejo a categoria Sub-17 como um processo muito importante nessa transição da base para o profissional. Os atletas precisam entender que é nessa categoria que começamos o processo de profissionalismo em todas as áreas. Nós precisamos que os atletas cheguem ao profissional praticamente prontos em todos os sentidos, sendo atletas que tenham comprometimento e responsabilidade. Uma coisa que prezo muito no meu dia a dia de trabalho é o amor e a dedicação ao clube”, ressaltou.

“Graças a Deus obtive sucesso onde passei. Tenho muita fé em Deus e muita certeza que no Cruzeiro não vai ser diferente. O intuito é marcar história no clube, com muita humildade e muito trabalho, juntamente com meus companheiros, os profissionais que aí já estão, e com os atletas fazer um diferencial no trabalho”, finalizou.

Além da formação em educação física, Mário Henrique possui vários cursos no futebol, dentre eles as licenças B e C da CBF. Ele chega em Belo Horizonte nesta quarta-feira e já começa a comandar as atividades.

Diretor executivo das categorias de base do Cruzeiro, Gustavo Ferreira ressaltou as qualidades do novo treinador estrelado.

“Nossa ideia é ter um treinador que entenda muito do processo de formação, mas que tenha alguma bagagem no futebol profissional para dar um direcionamento aos atletas nesse caminho que é tão complicado. Por isso, em meio a muitas boas opções, definimos pelo Mario Henrique que acaba de fazer um trabalho maravilhoso junto a equipe do Cuiabá, inclusive dirigindo a equipe principal no Brasileiro da série B. Ele preenche todos os requisitos para fazer um grande trabalho na base do Cruzeiro”, revelou. Com site do Cruzeiro

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!