PM comemora redução de quase 45% dos crimes violentos em Pará de Minas e outros seis municípios

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Em janeiro de 2017 a Polícia Militar de Pará de Minas registrou queda de 44,86% nos crimes violentos, em relação ao mesmo mês do ano passado. Na comparação com dezembro de 2016 a queda foi de 23,38%.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os números globais mostram a realidade nos municípios de Pará de Minas, Papagaios, Maravilhas, Pequi, São José da Varginha, Onça de Pitangui e Igaratinga. Os registros considerados foram roubos, homicídios consumados, entre outros.

De acordo com a Polícia Militar a redução ocorreu por causa das remodelações na forma do policiamento, especialmente o reforço das equipes do Grupo Tático Móvel e do GEPMOR (policiamento com uso de motocicletas), que tiveram seus horários de atuação ampliados.

As Patrulhas de Atendimento Comunitário e a Patrulha Rural também tiveram o plano de ação reformulado, aumentando a presença policial nas ruas. As operações foram intensificadas, tendo sido realizadas 1.018 em janeiro.

Outro fator importante que contribuiu para a diminuição dos índices de crimes violentos foi à colaboração da população com denúncias pelos telefones 190 e 181 – Disque Denúncia Unificado. As informações repassadas a Polícia Militar contribuíram para as apreensões relevantes de drogas e armas, bem como a prisão de vários infratores.

O tenente Bernardo Arthur Wenceslau, chefe da Seção de Comunicação Organizacional da 19ª Companhia da Polícia Militar Independente sediada em Pará de Minas, afirma que as estatísticas são resultado do bom trabalho desenvolvido em parceria com a população de toda a região:


Tenente Bernardo Arthur Wenceslau
reducaocrimesntebernardo

Na área da 19ª Companhia da Polícia Militar Independente foram apreendidos em janeiro: 326 pedras de crack, 93 buchas, quatro tabletes e cinco pés de maconha, duas armas brancas, 10 armas de fogo, 10 munições, uma réplica de arma e outros objetos ilícitos.

Foram presas 131 pessoas por crimes diversos no mesmo período. O trabalho com a Rede de Vizinhos Protegidos nas comunidades também foi fundamental para a redução dos crimes. A partir desses projetos a população adotou medidas preventivas e atitudes solidárias.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!