Cemig estimula economia de energia ao conceder bônus para troca de motores

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No momento em que tanto se fala na redução de custos para a sobrevivência no mercado, as micro e pequenas empresas de todo o estado, bem como o microempreendedor individual e o produtor rural, recebem apoio do Governo do Estado, por meio da Companhia Energética de Minas Gerais com o programa Cemig Troca Seu Motor.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Com a adesão, o empreendedor poderá receber até 40% de bônus sobre o valor do investimento e diminuir sua conta mensal de energia com motores novos. O prazo para inscrições termina na próxima sexta-feira, 5 de maio.

O público-alvo são todos os empreendedores que utilizam motores elétricos de 1 a 250 CV (cavalos-vapor). A iniciativa é do Programa de Eficiência Energética – Energia Inteligente da Cemig, que fortalece a cultura do consumo consciente e da sustentabilidade – um dos pilares que fazem a empresa ser reconhecida internacionalmente.

Ainda de acordo com o regulamento do Cemig Troca Seu Motor, o primeiro passo se dá com a inscrição no site da Cemig. Para aderir ao incentivo, todos devem substituir os motores utilizados nas empresas seguindo as orientações. O programa insiste no descarte correto do motor antigo como imprescindível, de forma que ele não seja mais utilizado. Após a conclusão de todas as etapas previstas, a concessionária de energia faz o ressarcimento ao empreendedor.

Benefícios
O pequeno empresário de Bocaiúva (Território Norte), Geraldo Wilson Dias, foi um dos contemplados com o programa. Ele assistiu ao workshop realizado pela Cemig para apresentação do Cemig Troca seu Motor, em Montes Claros.

Na ocasião, o proprietário da Cerâmica Bocaiúva percebeu que a novidade poderia lhe ser útil. A partir daí, Dias cumpriu todas as etapas e fez a substituição, em fevereiro, de dois motores: o maior, de 100 CV, e o menor, de 20 CV.

“Da Cemig já recebi o bônus de R$ 8.400, após a comprovação de todas as exigências. Ainda é cedo para avaliar a quanto a economia do consumo de energia poderá chegar, mas 15% já dá para perceber que houve redução no primeiro mês”, garante.

O empresário tem 26 funcionários no seu empreendimento, cuja especialidade é a produção de tijolos que são vendidos na microrregião de Bocaiúva e na cidade de Montes Claros. Ele se mostrou satisfeito com o programa e com o atendimento da Cemig. “Os motores escolhidos são de muita qualidade e tenho certeza de que nessa vida eu não vou mais precisar trocá-los”, conclui Dias.

No Frigorífico Mata Bem, sediado em Sete Lagoas (Território Metropolitano), a expectativa de economia de energia com a substituição dos motores antigos também é promissora. A empresa, que emprega 140 pessoas, comercializa carnes bovina e suína no mercado setelagoano e também na capital mineira.

De acordo com o diretor-presidente da empresa, Alfredo Pena, a instalação dos novos motores foi concluída no início deste mês.

“É um incentivo que recebemos do Governo, mas ainda não temos como fazer uma avaliação, porque não houve tempo. De qualquer forma temos a esperança de que os bons resultados aconteçam de fato”, afirma Pena, que está aguardando o depósito do bônus concedido pelo programa.

Orientações
Segundo o engenheiro da Gerência de Eficiência Energética da Cemig, Thiago Batista, o programa recebeu 27 propostas; três já resultaram na substituição dos motores; seis estão em análise; 18 em fase contratual.

A maioria dos interessados foi de micro e pequenas empresas. Entretanto, foram feitas inscrições pelas autarquias de água e esgoto dos municípios de Sete Lagoas (Território Central), Governador Valadares e Jampucra (Território Vale do Rio Doce).

Sobre o volume de recursos para o programa, o engenheiro explica que não existe limite de custo do motor a ser adquirido, contudo, tem de ser observada a potência máxima de 250 CV.

“O orçamento do projeto é flexível em função de outras iniciativas do programa de eficiência energética da Cemig. A expectativa é de que não exista restrição orçamentária para atendimento aos consumidores que se interessarem”, afirma Thiago Batista.

Batista recomenda aos micro e pequenos empresários, microempreendedores individuais e produtores rurais atenção ao prazo limite de 5 de maio, conforme determinação do regulamento, pois não existe expectativa de reabertura no cronograma da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Os interessados têm até quatro meses para concluir o processo, desde a inscrição até a instalação dos novos motores e o descarte correto dos motores antigos.

Serviço
A inscrição e os demais passos para ser beneficiado pelo programa da Cemig são acessados AQUI. Veja AQUI o regulamento do projeto Cemig Troca seu Motor. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
Don`t copy text!