China confirma surto do vírus H5N1 de gripe aviária

Autoridades chinesas estão sacrificando milhares de frangos devido a um surto de H5N1, um tipo de gripe aviária altamente patogênico, na província de Hunan, vizinha da província de Hubei, atingida pelo coronavírus.

O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China disse no sábado que 4.500 frangos sucumbiram à gripe aviária causada pelo vírus H5N1 numa fazenda da cidade de Shaoyang.

Para evitar a propagação do vírus, as autoridades abateram cerca de 17.800 aves.

O tipo H5N1 do vírus de gripe aviária é conhecido por contagiar seres humanos causando sérios sintomas.

No ano passado um surto do mesmo tipo de vírus foi registrado num aviário da província de Liaoning, no nordeste do país.

Segundo relatos, em 2015 um portador do vírus teria morrido na província de Sichuan, no interior do país.

As autoridades chinesas estão em estado de alerta sobre este surto de gripe aviária devido ao contágio do novo coronavírus entre seres humanos, que continua aumentando. Com informações da TV BHK do Japão

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!