Rio registra sexta morte de policial militar em 2019

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Mais um policial militar foi assassinado no Rio de Janeiro, na madrugada de hoje (2). O cabo Carlos Alberto Sá Freire Almada, de 39 anos, morreu ao ser atingido por um tiro na cabeça, em Volta Redonda, no sul fluminense.

Segundo informou a Polícia Militar, na noite de ontem, agentes do 28º Batalhão de Polícia Miltiar (Volta Redonda) seguiram para o bairro Retiro, onde homens estariam armados e fazendo tráfico de drogas. Os policiais fizeram cerco no local, mas foram recebidos a tiros e o cabo acabou baleado. Ele chegou a ser levado para o hospital São João Batista e recebeu atendimento médico, mas não resistiu.

Almada é o sexto policial militar morto no Rio de Janeiro este ano e estava há 10 anos na corporação. Ele deixa esposa e uma filha. O sepultamento será hoje, às 17h, no município de Valença.

O Disque-Denúncia divulgou cartaz oferecendo recompensa de R$ 5 mil para quem der informações que levem aos responsáveis pelo crime. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (21) 2253-1177, pelo WhatsApp (21) 98849-6099 ou pelo aplicativo Disque-Denúncia RJ. O anonimato é garantido. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!