Entidades usam verbas de penas pecuniárias em prol da comunidade

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Na cidade de Rio Paranaíba, oito entidades assistenciais foram beneficiadas com os recursos de prestações pecuniárias, distribuídos conforme o edital de 2014. O montante de R$ 147.094,14, resultante de transações penais e sentenças condenatórias, possibilitou o financiamento de projetos que atendem crianças, idosos, gestantes e famílias em situação de vulnerabilidade social.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo o juiz da Comarca de Rio Paranaíba, José Humberto da Silveira, responsável por homologar a prestação de contas, a Associação Musical de Santa Cecília recebeu o repasse de R$5.050. Com o valor, a entidade reformou instrumentos musicais e ampliou a escolinha de sua propriedade. Já o projeto Centro de Amparo e Prece recebeu R$22,8 mil para construir uma nova sede na comunidade Guarda dos Ferreiros.

A quantia de R$4.020 doada ao Centro Espírita Caminho de Bênçãos, Luz e Amor financiou atividades de cunho social com famílias carentes dos Bairros Olhos D’água e Alto Santa Cruz. As Casas de Repouso Arapuá e Confrade Antônio do Carmo Pimenta, que atendem idosos, receberam o equivalente a R$11.280 para aquisição de medicamentos e ampliação e reforma de suas instalações.

A Associação dos Defensores e Amigos do Meio Ambiente (Adama), que tem como objetivo buscar melhorias para o meio ambiente da cidade com foco nos animais de rua, vai usar o dinheiro recebido, R$9.380, para construir um abrigo de animais, um hospital veterinário, um viveiro de mudas, uma associação para catadores de materiais recicláveis e uma sede.

O repasse de R$17.270 garantiu à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Rio Paranaíba comprar alimentos, material de conservação e limpeza e produtos químicos exigidos pela vigilância sanitária. Além disso, a Apae pôde adquirir material para o funcionamento das oficinas pedagógicas e da cozinha experimental, pagar os serviços de profissionais da associação e encargos sociais, bem como as despesas administrativas.

O Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep) destinou o montante de R$77.294,14 para pagar despesas com manutenção de viaturas, registros em cartório e revisão de patrulha rural. As ações incluíram ainda a aquisição de produtos alimentícios e de limpeza e higiene para menores do abrigo municipal, lanches para os agentes penitenciários durante audiências no fórum, bem como a compra de produtos e equipamentos para as Polícias Militar e Civil.

Confira outras ações realizadas com verbas oriundas do pagamento de prestações pecuniárias AQUI. Com informações da Assessoria de Comunicação Institucional TJMG

PUBLICIDADE
Don`t copy text!