Estudo sobre agrotóxicos na água motiva audiência na ALMG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os níveis de agrotóxicos presentes na água consumida no Brasil, especialmente em Minas Gerais, serão debatidos em audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A reunião será nesta segunda-feira (1º), às 14 horas, no Auditório José Alencar.

A autora do requerimento e presidente da comissão, deputada Leninha (PT), pretende divulgar o estudo “Por Trás do Alimento”, realizado pelas organizações Repórter Brasil, Agência Pública e Public Eye. Outro objetivo da reunião é provocar a reflexão sobre a necessidade de informar a população, de forma clara, sobre a qualidade da água que consome.

De acordo com a parlamentar, o referido estudo revelou a presença de resíduos de agrotóxicos nas águas consumidas por moradores de 1,3 mil cidades brasileiras, entre elas metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro. Os dados, coletados entre 2014 e 2017, foram obtidos no Ministério da Saúde, que periodicamente testa a qualidade da água que chega às residências.

Segundo o levantamento, moradores de 25% das cidades brasileiras são diariamente expostos a diferentes venenos, muitos classificados pela Anvisa como altamente ou extremamente tóxicos. Alguns tipos estariam ainda associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas, conforme destaca o requerimento.

“O acesso à água potável e ao saneamento básico é um direito humano essencial, indispensável à vida com dignidade e reconhecido pela ONU como condição para o gozo pleno da vida e dos demais direitos humanos”, afirma Leninha. A parlamentar defende que as informações sobre contaminação da água para consumo humano sejam divulgadas em formato de fácil compreensão.

Foram convidados para a audiência representantes de órgãos governamentais e de entidades que atuam no combate ao uso de agrotóxicos. Com ALMG

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!