República Democrática do Congo registra novo surto de ebola, diz OMS

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Organização Mundial da Saúde informou que a República Democrática do Congo registrou um novo surto de ebola. De acordo com o Ministério da Saúde congolês, seis casos foram notificados em Wangata, que fica na província Equatoria, no noroeste do país.

Complexo
A nação africana havia finalizado o enfrentamento a um surto complexo e estava pronta para declarar o fim da doença, quando foi surpreendida por essas novas notificações.

A RD Congo já lida com outras epidemias como o maior surto de sarampo do mundo. O país também atua numa resposta à pandemia de Covid-19.

Dos seis casos reportados, pelo menos quatro resultaram em morte. Uma das vítimas fatais é uma menina de 15 anos como informou um comunicado do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef. Todas as pessoas que tiveram contato com as vítimas estão isoladas no Hospital em Mdanbaka.

Psicólogos
O Unicef está atuando com autoridades locais na resposta. Nesta terça-feira, 36 funcionários da agência devem chegar à província para cooperar com o governo local, comunidades e psicólogos além de organizações não-governamentais, ONGs.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus, disse que é importante lembrar que a RD Congo está lidando com mais emergências de saúde. Este é o 11 surto de ebola no país desde que o vírus foi descoberto em 1976.

A região de Mbandaka foi o epicentro do nono surto entre maio e julho de 2018.

Contagem regressiva
A OMS regional está enviando suprimentos médicos do Kivu Norte e de Kinshasa para apoiar a resposta do governo. Mais 25 pessoas da OMS devem chegar à região nesta terça-feira.

O 10 surto da doença que ocorreu em Kivu Norte, Kivu Sul e em Ituri está chegando ao final. Em 14 maio de 2020, o Ministério da Saúde iniciou uma contagem regressiva para declarar o fim da doença na região.

Até 31 de maio, havia 3.195 casos de ebola incluindo 72 mortes. Desde 2019, o sarampo já matou 6.779 congoleses. Ao todo, foram notificados 369.520 casos. Com ONU News

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!