Mano não confirma equipe, mas antecipa mudanças no Cruzeiro para o jogo contra o Ceará

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Cruzeiro segue com sua preparação para a partida contra o Ceará, marcada para domingo, às 19h, no estádio Castelão, em Fortaleza. A atividade da tarde desta sexta-feira, na Toca da Raposa II, foi recreativa. Boa parte dos atletas participaram do tradicional rachão.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Robinho, Edilson e Victor Luiz foram poupados da atividade. Em campo, Raniel fez um treino físico, enquanto Rafinha e Henrique realizaram trabalhos de fisioterapia.

Henrique, inclusive, será poupado mais uma vez no Ceará. Um dos atletas que mais atuaram na temporada até o momento, o camisa 8 vinha de uma forte sequência de jogos e será preservado mais uma vez pelo técnico Mano Menezes, que antecipou a ausência do capitão, além de Robinho, que está suspenso.

“Henrique está fora. Ainda vamos deixar mais um jogo fora. Posso fazer com Romero essa formação. É possível fazer. Estamos sem Robinho, então vamos utilizar Thiago Neves mais solto, como sempre fizemos. E vamos decidir se vamos utilizar mais um meia na função de Robinho, ou se vamos iniciar com o Bruno fazendo a função, deixando o restante da formação como estava”, revelou o treinador.

Até a parada para a Copa do Mundo, o Cruzeiro terá pela frente, além do Ceará, confrontos contra Chapecoense e Paraná Clube longe de Belo Horizonte. Na ótica do técnico, pontuar nestas partidas será essencial para que o time se mantenha entre os primeiros colocados da competição.

“Não se tem facilidades. O adversário pode estar mal colocado, mas, se você não fizer um bom jogo, você não consegue os pontos. O fato de jogarmos mais jogos fora de casa é o que a tabela nos reservou e, por isso, temos a necessidade de pontuar fora de casa também. Se conseguirmos fazer isso, não só encaminhamos uma boa situação até a parada da Copa, como também abrimos boas possibilidades para o futuro. Porque, se vamos fazer mais jogos fora agora, depois tem a volta, jogaremos mais partidas no Mineirão, onde temos um aproveitamento bastante alto. Temos que fazer o melhor que podemos, respeitar todo mundo, como foi sempre a tônica do trabalho aqui”, projetou Mano. Com site do Cruzeiro

PUBLICIDADE